Luto.

 

Cara, estou triste. Muito triste. Primeiro, por ficar ciente da morte de um dos melhores atores da atualidade. Segundo por só ficar sabendo disso, esse fim de semana. Me sinto um inútil. Sinto como se estivesse perdido um conhecido. É muito ruim. E olha que eu nem era fã de Ledger. Mas talvez por estar ansioso para vê-lo e consequentemente adorá-lo em “The Dark Knight”, fiquei tão abalado. Vou me sentir horrível. Indo ao cinema, e vê um fantasma. Irei vibrar com um fantasma. Irei admirar um fantasma. E só isso será péssimo.
Heath Ledger, não era o meu ator predileto. Talvez nem mesmo um dos meus prediletos. Só que, se pararmos para pensar um pouco, temos pouquíssimos jovens talentosos hoje em dia. Na ala feminina, temos aos montes. Nem vou citar, senão passarei o dia todo. Mas na ala masculina… quem tem mesmo? Jack Nicholson! Ok, ok, mas ele é da geração passada. Al Pacino! Idem. Johnny Depp? Esse sim. E temos mais alguns que são bem competentes como Tom Cruise, Brad Pitt, Leonardo Di Caprio… Mas não vai muito além disso. E então, do nada, temos uma perda dessa. Já estava esperando Ledger atingir o ápice de sua carreira agora com o novo Batman. Queria vê-lo humilhar o péssimo Christian Bale, e ser adorado pelo público. Talvez surpreender a todos com um Oscar, por sua interpretação como o Coringa. Estava quase certo disso. Só que o destino me passou a perna.
Talvez depois disso, “The Dark Knight” consiga explodir nas bilheterias, se é que não o faria sem isso. Mas acho que definitivamente não era necessário. A Warner talvez comemore. Talvez não. E Nolan provavelmente irá colocar uma homenagem no final do filme pra ele. E isso será horrível. Ficarei triste. Pior do que eu me sinto agora. Ao ver que provavelmente alguém que eu iria adorar, encerrou sua carreira para sempre.
Contudo, se antes eu iria assistir a todo custo o novo filme de Nolan, agora esse sentimento se agravou. Irei em homenagem a Ledger. Irei honrar o seu tão dedicado trabalho. E sentirei por ele não poder desfrutar do seu próprio talento. Pena. Sinto mesmo. Ele podia ser um ícone dos próximos anos. Agora, talvez irá ser considerado como mais um famoso que se toenou um suicida. Literalmente, ele não merecia isso.
Luto
Anúncios